8.4.05

Igual

Image hosted by Photobucket.com

Por momentos pensei que fosses mais
Pensei que o teu ser respirasse o ar da diferença
Mas não
És igual
Igual àquilo que foi e que será o meu mundo
Respiras o mesmo ar mesquinho dos outros
Agora as tuas palavras
Significam o mesmo que as dos outros
O teu toque já não me diz nada
Apenas o meu olhar continua embebido nos teus traços

4 Pensamentos:

Blogger whitesatin pensou...

High expectations... É tão verdade o que escreveste, tão verdade. Quando as expectativas caiem por terra, é esse o sabor da desilusão. Bjs

10:24 da tarde  
Blogger Careenin pensou...

Escrevi ontem pk descobri coisas k deviam ter ficado desconhecidas para mim... ou talvez nao! Lol! Beijooo* E hoje à noite um pouco de magia.. eheheh =)

1:15 da tarde  
Blogger txitxa pensou...

oix mary!! sim sou eu =)))finalmente vou fazer um comment ao teu blog ehehe!! entao é axim eu curto bué deste poema até pk ja o tinha lido antx de o porx aki no blog ;) goxto pk é vrdd akilo k dizx! agr keru saber onde foxte buxcar tanta inspiraçao. ha poix é! donde vem ixu td!lOoOL! bem ja xega. vou embora! adeus**

1:32 da tarde  
Blogger Scarlett pensou...

doi...realmente qd nos desiludimos...mas as vezes a dor é boa...pois torna nos conscientes, faz nos ver a diferença entre a realidade e a ilusao....absorve tudo o que poderes dessa desilusao...da dor que ela t provocou...pois é tb ela k te torna mais forte...tu es uma mulher forte...acredito em ti...
bjinhos...:)

12:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home