1.5.05

Dia da Mãe

Image hosted by Photobucket.com

Poema à Mãe

No mais fundo de ti,
eu sei que traí, mãe!

Tudo porque já não sou
o retrato adormecido
ao fundo dos teus olhos!

Tudo porque tu ignoras
que há leitos onde o frio não se demora
e noites rumorosas de águas matinais!

Por isso, às vezes, as palavras que te digo
são duras, mãe,
e o nosso amor é infeliz.

Tudo porque perdi as rosas brancas
que apertava junto ao coração
no retrato da moldura!

Se soubesses como ainda amo as rosas,
talvez não enchesses as horas de pesadelos...

Mas tu esqueceste muita coisa!
Esqueceste que as minhas pernas cresceram,
que todo o meu corpo cresceu,
e até o meu coração
ficou enorme, mãe!

Olha - queres ouvir-me? -,
às vezes ainda sou o menino
que adormeceu nos teus olhos;

ainda aperto contra o coração
rosas tão brancas
como as que tens na moldura;

ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa
no meio de um laranjal...

Mas - tu sabes! - a noite é enorme
e todo o meu corpo cresceu...Eu saí da moldura,
dei às aves os meus olhos a beber,

Não me esquecerei de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo-te as rosas...

Boa noite. Eu vou com as aves!

(Eugénio de Andrade)

5 Pensamentos:

Blogger pandora pensou...

agora fizeste-me lágrimas nos olhos... tb eu dediquei este mesmo poema à minha mãe há muitos anos atrás! e ela adorou, tal como eu... és uma querida, nem sempre, mas és!
beijo grande da mãe... e sabes, nao sei se vais com as aves, se fores eu vou ctg.

6:52 da tarde  
Blogger Careenin pensou...

Eu sabia k era 1 dos teus poemas favoritos, por isso
e k pus! e tb pk era apropriado a ocasiao! Ntaum olha, vamos as 2 c as aves pk nao estamos aki a fazer nada mesmo... =P
Beijooo***

8:43 da tarde  
Blogger whitesatin pensou...

Lindo! Adorei :) Parabéns à mãmi e à filhota :D

10:35 da tarde  
Blogger Scarlett pensou...

simplesmente lindo.... mts bjinhos

3:49 da tarde  
Anonymous arevaifos pensou...

Adoro este poema! Leva-me para outros tempos, para outros lugares.
No secundário tive o prazer de declamar este poema pra o Grande Eugénio de Andrade. Foi um momento especial.
Obrigado por me levares até esse tempo...

10:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home